Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

É cada vez mais comum encontrar pacientes com algum desvio postural. Esses desvios se originam a partir de hábitos não saudáveis que adotamos durante a nossa rotina que, com tantas tarefas precisando ser feitas em pouco tempo, fica cada vez mais intensa e, por consequência, ficamos impossibilitados de manter a atenção em nossa própria postura

Com o passar do tempo, todo o corpo fica prejudicado, principalmente se não praticarmos atividades físicas que auxiliam na manutenção de uma boa postura, como é o caso do Método Pilates.

Continue lendo esta matéria para conhecer mais sobre os principais hábitos que levam aos desvios posturais!

Principais hábitos que prejudicam a postura

Para compreender melhor o que prejudica a postura, vamos conhecer um pouco mais sobre os principais desvios posturais. São eles:

  • Escoliose em S ou em C: desvio tridimensional da coluna, onde o corpo busca se reequilibrar criando um desvio novo para o outro lado. Nem sempre é possível diagnosticar ao olhar para um paciente, por isso, a avaliação postural deverá ser minuciosa e contar também com exames de imagens. Já as causas da Escoliose são, na maioria das vezes, indefinidas;
  • Hiperlordose Lombar: desvio patológico na região da coluna lombar que gera o aumento da lordose. Normalmente é desenvolvida por pacientes sedentários e que, durante o período de trabalho, ficam com uma má postura. Gravidez, obesidade, genética, movimentos repetitivos, lesões e traumas, hérnia de disco, fraqueza e encurtamento muscular e espondilolistese também podem causar a Hiperlordose Lombar;
  • Hiperlordose Cervical: acontece a partir do momento em que a lordose compensa a coluna cervical. Suas principais causas são a má postura, fraquezas e desequilíbrios musculares, problemas e alterações de articulações temporomandibulares, genética e Hipercifose Torácica;
  • Hipercifose Torácica: desvio que altera a morfologia das vértebras e, por consequência, a biomecânica dos movimentos. É bastante comum em idosos e entre as principais causas da Hipercifose Torácica temos a posição inadequada do corpo ao realizar atividades corriqueiras e também os fatores psicossociais, como depressão, timidez e outros;
  • Retificação da coluna vertebral: se dá pelo apagamento de uma ou mais curvaturas vertebrais que derivam de excesso de tensão e rigidez nas estruturas da coluna, prejudicando a execução de um movimento pelo paciente. Entre suas causas encontramos problemas hereditários, postura inadequada ao trabalhar e exercer outras tarefas, além de encurtamentos, lesões e tensões musculares.

Dicas para evitar problemas posturais

A principal dica para evitar problemas posturais é se manter alerta a respeito da sua própria postura, ou seja, se posicionar com as musculaturas bem equilibradas. Porém, alguns outros cuidados que também podem ser tomados são:

__CONFIG_colors_palette __ {"active_palette": 0, "config": {"colors": {"62516": {"name": "Main Accent", "parent": - 1}}, "gradients": []}, " paletas ": [{" nome ":" Paleta padrão "," valor ": {" cores ": {" 62516 ": {" val ":" rgb (19, 114, 211) "," hsl ": {" h ": 210," s ": 0,83," l ": 0,45}}}," gradientes ": []}}]} __ CONFIG_colors_palette__
BAIXAR AGORA
  • Utilizar acessórios ergonômicos;
  • Adaptar os ambientes para melhorar o conforto de regiões do corpo como pescoço e ombros, coluna lombar e outras.

Conclusão

Manter o posicionamento do corpo adequado é fundamental para que a saúde e a qualidade de vida estejam em dia, já que essa atitude evita o surgimento de lesões e patologias que prejudicam a realização de atividades diárias de um paciente, sejam elas relacionadas ao trabalho ou ao lazer.

Para ter um bom alinhamento postural é necessário um trabalho tanto do Fisioterapeuta quanto do paciente, especialmente porque este paciente irá passar a maior parte de seu tempo fora da clínica e é onde ele terá maior probabilidade de manter uma postura errada.