Junte-se a mais de 150.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Qual o seu melhor email?

A pouca mobilidade de quadril e pouca flexibilidade podem causar diferentes lesões, patologias e levar os pacientes a sofrerem com dores até mesmo em outras regiões do corpo, já que outras articulações acabam sofrendo com desequilíbrios. Já para as causas da falta de mobilidade no quadril, existem diversas possibilidades.

Nesta matéria, nós vamos conhecer um pouco mais sobre cada uma delas e, principalmente, sobre a importância de ter a mobilidade para as atividades comuns do dia a dia do paciente.

Continue lendo!

O quadril

O quadril é responsável por sustentar todo o peso do corpo e possui conexão com os membros inferiores. Além disso, uma das principais características do quadril é a sua ampla movimentação, algo que influencia para que o quadril sofra com diferentes lesões e patologias.

Suas estruturas ósseas são:

  • Ilíacos;
  • Sacro;
  • Fêmur.

Já as articulações são:

  • Sínfise púbica;
  • Articulação sacro-ilíaca;
  • Femoroacetabular.

As principais musculaturas localizadas no quadril são:

  • Glúteo máximo;
  • Glúteo médio;
  • Glúteo mínimo;
  • Piriforme;
  • Gêmeo superior;
  • Gêmeo inferior;
  • Obturatório interno;
  • Obturatório externo;
  • Quadrado femoral.

Entre os principais ligamentos estabilizadores, temos:

  • Cápsula articular;
  • Ligamento iliofemoral;
  • Ligamento pubofemoral;
  • Ligamento isquiofemoral;
  • Ligamento da cabeça do fêmur;
  • Orla acetabular;
  • Ligamento do transverso do acetábulo.

Importância da mobilidade de quadril

Um quadril com pouca mobilidade acaba se tornando um problema para outras articulações, principalmente joelhos, tornozelos e a lombar.

Quando um paciente possui pouca ou nenhuma mobilidade de quadril, significa que seus movimentos funcionais também estão comprometidos, ou seja, serão sentidos incômodos e dificuldades ao realizar exercícios e até mesmo atividades habituais.

O que causa a falta de mobilidade de quadril?

Cada vez mais as pessoas passam mais tempo sentadas e sem se mover, deixando as musculaturas do quadril tensionadas e, no caso dos isquiotibiais, eles também ficam super ativados. Enquanto isso, os glúteos passam a ser pouco ativados e, por consequência, sofrem enfraquecimento.

Por permanecer extremamente estável e não realizar sua principal função, encurtando as musculaturas, diminuindo a mobilidade e deixando o quadril mais rígido.

É muito importante se lembrar que os pacientes com pouca mobilidade de quadril não costumam sentir dores na própria região, mas sim que a dor poderá ser irradiada para articulações mais próximas.

Principais lesões e patologias do quadril

Entre as principais lesões e patologias do quadril iremos encontrar:

Conclusão

Pacientes que sofrem com a pouca ou a falta de mobilidade de quadril terão problemas por outras regiões do corpo, como é o caso das articulações dos joelhos e dos tornozelos, além de também afetar a região lombar.

Com o tempo, o corpo encontra outras formas de se movimentar, o que acaba causando lesões e patologias que prejudicam o paciente em atividades simples do dia a dia.