Share, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Posted in:

Guia Definitivo Do Tratamento Reiki na Fisioterapia

tratamento-reiki
Guia Definitivo Do Tratamento Reiki na Fisioterapia
Gostou? Avalie!

Cada vez mais os profissionais da área da saúde estão se dando conta da importância de observar seu paciente em sua integralidade, não resumindo o seu tratamento somente no corpo físico, mas se preocupando também com o corpo energético e o seu estado emocional.

Como define a Organização Mundial de Saúde (OMS), saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente a ausência de afecções e enfermidades. Assim o conceito excede a ausência de doença, expandindo para um pleno estado de bem-estar e equilíbrio.

Atualmente, 12 terapias alternativas foram incorporadas aos serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), dentre elas está o REIKI, conforme publicação no Diário Oficial de 28 de março de 2017, comprovando a necessidade do uso deste dentro da prática integrativa e complementar assim como na abordagem do cuidado.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Pesquisas e Difusão do Reiki, o método ajuda a reduzir o estresse, captando, potencializando e modificando a energia, sendo um sistema natural de harmonização e reposição energética que atua na recuperação ou manutenção da saúde.

O Que é o Tratamento Reiki?

desenho-reiki

Reiki é uma terapia de origem japonesa transmitida através da “imposição das mãos” baseando-se na ideia de que há uma “energia vital” que flui através do ser humano importante para a manutenção da vida. Se este nível de energia estiver baixo há maior propensão às doenças físicas e/ou emocionais.

A técnica foi criada pelo japonês Mikao Usui, monge budista, em torno de 1922. Segundo Mikao, a energia vital universal pode ser controlada através de algumas técnicas que foram desenvolvidas por ele enquanto budista, não tendo ligação com nenhum sistema religioso, sendo somente uma técnica de canalização de energia.

O praticante canaliza a energia através de seus centros superiores cognitivos fazendo com que se irradie pelas mãos até o receptor através da imposição das mãos na forma de concha promovendo a restauração do equilíbrio natural entre corpo, mente e espírito. Através deste equilíbrio é ativada a habilidade natural do corpo de se curar. Sendo assim, é uma terapia holística que traz cura espiritual, mental, emocional e física.

O tratamento é compatível com quaisquer outras terapias convencionais.

O nome desta técnica é composta por duas palavras japonesas: Rei, que significa sabedoria divina ou o poder superior, e Ki, que se refere à energia vital.

Benefícios do Treinamento Reiki Durante a Sua Aula de Fisioterapia

Por ser uma terapia que atua a nível emocional, espiritual e mental a aplicação de Reiki nas sessões de fisioterapia traz uma série de benefícios.

Importante lembrar que durante os atendimentos fisioterapêuticos existem muitas interações energéticas entre as pessoas, e seria imprescindível para o fisioterapeuta saber como lidar com elas, pois em decorrência desta troca de energia muitas vezes o terapeuta sai exausto de uma sessão e não consegue encontrar a causa.

Assim o Reiki tem técnicas que auxiliam no desbloqueio de algumas tensões que são causadas pelo acúmulo ou estagnação de energia, auxiliando no equilíbrio interior e potencialização da harmonia própria tanto do quanto do paciente.

Dentre tantos benefícios o Reiki proporciona:
– redução de estresse, acalma, e provoca uma sensação de relaxamento, paz e conforto,
– oferece sensação de alívio emocional e libertação de emoções,
– limpa o campo energético,
– ajuda no alívio da dor,
– atua de forma complementar para melhoria dos sintomas de doenças crônicas e agudas e patologias relacionadas com o estresse,
– tem a capacidade de reduzir efeitos secundários e auxiliar nos tratamentos tradicionais, como exemplo, um paciente tratado com quimioterapia ao receber Reiki percebe a redução dos efeitos secundários do tratamento,
– estimula a criatividade, memória e concentração,
– equilibra os centros energéticos,
– libera bloqueios e emoções reprimidas, gerando um desintoxicação emocional,
– aumenta o auto-controle, calma e serenidade.

Os 5 Princípios do Reiki

Conforme Mikao Usui alguns ensinamentos deveriam ser utilizados como mantras, sendo sempre recitados para o alcance da paz e iluminação. Os ensinamentos se caracterizam como os 5 princípios do Reiki que devem ser repetidos pela manhã e pela noite por possuírem energia curativa.

Mikao observou que algumas pessoas após sanarem suas doenças físicas tratando com Reiki retornavam após com outros problemas de saúde, percebendo assim, que para a cura efetiva era necessária a cura mental.

Estes 5 princípios não devem ser entendidos como um rígido mecanismo de regras, mas sim um chamado a questionar de maneira profunda a nossa própria conduta e a abandonar nossos costumes antigos e carentes de sentido. Dessa forma estimulam a uma maior reflexão. Nota-se inclusive que nos princípios é citada a frase: “Só por hoje”, sendo muito utilizada no sentido de “Aqui e agora”, pois Mikao queria deixar evidente a importância do presente.

Os princípios são:

– Só por hoje, não sinta raiva. (Kyo Dake Wa, Ikaru Na)tratamento-reiki

Esse princípio se ocupa do poder da agressão, quem sente com raiva deve refletir de que modo pode transformar esta força em ação, e entender o que o remeteu aos seus próprios medos e o que o outro está lhe mostrando que é desagradável em si mesmo.

– Só por hoje, não se preocupe. (Kyo Dake Wa, Shinpai Suna)

As preocupações se relacionam com o medo então, para solucionar este problema deve-se saber exatamente qual é o temor.

– Só por hoje, seja grato. (Kyo Dake Wa, Kansha Shite)

A gratidão significa um reconhecimento das bênçãos divinas independentemente do quão grandes ou pequenas sejam.

– Só por hoje, faça suas obrigações. (Kyo Dake Wa, Gyo-o Hage Me)

O trabalho árduo sobre si mesmo ajuda na superação de suas próprias resistências e leva ao conhecimento da sua própria força.

– Só por hoje, seja gentil com todos. (Kyo Dake Wa, Hito Ni Shinsetsu Ni)

Ser gentil com todos pode significar em qualquer situação, local ou momento um sorriso ou um abraço na hora adequada, uma palavra de alento e até uma ação realizada de forma a acalentar as outras pessoas.

Como Se Aplica o Treinamento Reiki

 

chakras

É importante lembrar que para a aplicação de Reiki o indivíduo deve fazer um curso para aprender detalhadamente sobre o funcionamento dos chakras, os símbolos utilizados, a história desta terapia, entre outros, principalmente para que possa ser iniciado e assim ter condições de tratar as outras pessoas com essa terapêutica. Portanto, segue somente uma breve descrição para demonstrar como ocorre a aplicação da técnica.

O paciente é posicionado de uma forma que se sinta confortável (também podendo ser uma planta, um local ou um animal), então o terapeuta faz uma invocação esfregando as mãos com a intenção de abrir os canais pedindo que a energia Reiki se faça presente para o tratamento.

A partir daí executa-se o primeiro chakra, para que seus canais condutores e receptores fiquem abertos e aptos a fazer com que a energia flua perfeitamente, e assim vai passando e parando por alguns minutos em cada um dos chakras continuamente.

Durante toda a sessão, o reikiano não retira as duas mãos do paciente para não romper a conexão energética entre ambos, pois caso contrário poderá causar um choque.

Ao finalizar no último chakra o terapeuta junta as mãos e agradece por ser um canal de cura através do Reiki. Também assopra as palmas das mãos para se desconectar do atendido.

Nota-se que por proporcionar sensação de relaxamento e paz, o paciente muitas vezes adormece durante a terapia, nestes casos, o ideal é que o terapeuta desperte-o de forma suave e sem pressa.

Principais Técnicas do Treinamento Reiki na Fisioterapia

– Técnica do Banho Seco

Esta técnica também chamada Kenyoku-ho é ensinada no primeiro nível do curso de Reiki, e serve para a realização de uma limpeza energética própria.

É aplicada sempre que exista a necessidade de eliminação de alguma energia densa ou se houver necessidade de concentração, pois sem essa energia densa ocorre uma vivência mais harmoniosa e centrada.

– Técnica Chuva de Reiki

Também chama de Reiki Shower no Giho, é uma técnica que ajuda na limpeza da aura.

As interações diárias com outros indivíduos e objetos costumam deixar marcas na aura de forma positiva e/ou negativa. Então a nossa aura costuma ser um reflexo de como estamos e como crescemos, acumulando a nossas experiências de vida. Técnica interessante para o fisioterapeuta pelo atendimento de várias pessoas com patologias diversas.

– Auto-tratamento Reiki

O auto-tratamento é de grande importância para quem aplica Reiki, porque antes de tratar os outros o terapeuta deve aprender a se tratar.

Após a iniciação no Reiki ocorrem mudanças na frequência vibracional ocorrendo um aumento de energia, sendo necessário que o terapeuta mantenha esta frequência com o auxílio do auto-tratamento.

A aplicação de Reiki em outras pessoas deve ser realizada após o uso dessa técnica, ou seja, o terapeuta deve estar equilibrado em todos os níveis antes de equilibrar o outro. Assim, ao final do dia, se ocorreu a realização de atendimentos, o mesmo deve se auto aplicar Reiki.

O auto-tratamento promove o equilíbrio e energização dos seguintes pontos: cabeça, articulações, pés e chakras principais. Fazendo um percurso pelo corpo, passando pelas partes vitais do sistema emocional, físico, mental e energético.

Treinamento Reiki Para Seu Aluno Portador de AVC

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) pode levar a inúmeras complicações, gerando incapacidades a longo prazo. No processo de recuperação a inclusão da aplicação de Reiki traz uma série de benefícios e melhora nos resultados.
Nota-se a diminuição nos níveis de estresse e ansiedade, assim como a redução de sentimentos negativos levando o paciente ao relaxamento e concentração na recuperação.

Ao receber um tratamento regular de Reiki observam-se a redução nas oscilações de humor e o equilíbrio das emoções. Ocorre inclusive a impulsão do sistema imunológico levando ao auxílio no processo de quaisquer tratamentos. Dessa forma acelerando a recuperação do paciente e melhorando a eficácia dos processos terapêuticos, como a fisioterapia.

Sabe-se que a reabilitação, em alguns casos, pode ser dolorosa para os indivíduos com AVC, desencorajando-os na prática dos exercícios, inclusive por causa do seu estado emocional e mental, com a ajuda do Reiki através do equilíbrio emocional, relaxamento e redução do estresse nota-se a diminuição da sensação dolorosa e a melhora do paciente em relação a perspectiva sobre o seu futuro.

Treinamento Reiki na Gravidez e Seus Benefícios Para a Gestante

O nascimento de um bebê sempre traz uma série de expectativas e interrogações. A terapia com Reiki atua de forma complementar nos cuidados para o bem-estar global da gestante e também do bebê.

Essa terapia harmoniza tanto a mãe quanto o bebê, proporcionando a paz interior, ajudando a equilibrar as mudanças emocionais e físicas (geralmente mais aceleradas pelos hormônios), renovando a ligação de amor entre mãe e filho, inclusive proporcionando um melhor trabalho de parto.

Vê-se que a atuação dessa terapia também ocorre nos desconfortos da gestação como edemas, dores, problemas circulatórios e hipertensão, auxiliando na melhora destes sintomas.

A recuperação pós-parto com a mamãe harmonizada torna-se mais confortável pela diminuição das dores, da ansiedade, do estresse, das expectativas e inseguranças. E na criança a aplicação de Reiki diminui os desconfortos gastrointestinais, induzindo a um sono mais reparador e tranquilo.

Importância do Treinamento Reiki Para a Qualidade de Vida do Seu Aluno

qualidade-de-vida

Em uma tese de doutorado apresentada à Universidade Federal de São Paulo que avaliou os efeitos da prática de Reiki sobre os aspectos psicofisiológicos e de qualidade de vida de idosos com sintomas de estresse, observou-se que a terapia proporcionou um possível estado de relaxamento superior ao que foi constatado no grupo placebo, assim como a redução dos níveis de estresse, ansiedade, depressão e percepção de tensão muscular, também a elevação dos níveis de qualidade de vida no que se referem aos domínios: “aspectos espirituais, religião e crenças pessoais, físico, psicológico, autonomia e intimidade”.

Em outra pesquisa realizada na Universidade Federal de Santa Maria-RS, que investigou os benefícios do Reiki em uma população idosa com dor crônica, viu-se que antes da primeira sessão os sujeitos se queixavam de dores na coluna vertebral, lombo-sacra, joelhos, e articulações, além de ansiedade, insônia, nervosismo, estresse e dificuldade de realizar tarefas cotidianas. Após o tratamento relataram o alívio das dores, melhora no padrão do sono e nos níveis de estresse e ansiedade, facilidade na execução das tarefas e mudança nos processos de pensamento e bom humor.

Demonstrando que os pesquisadores estão cada vez mais interessados na aplicação de Reiki de forma complementar ao tratamento por observar os inúmeros benefícios para melhoria do quadro patológico do paciente e consequentemente em sua qualidade de vida.

Formação – Cursos de Especialização em Treinamento Reiki

estudante

Para ser um terapeuta em Reiki é necessária a realização de um curso de formação que é dividido em 3 módulos ou níveis e mais o mestrado. Só que para aplicar a técnica não necessariamente deve-se concluir no mestrado. Então após o primeiro nível a pessoa já pode ser considerada reikiana se beneficiando da técnica.

Os cursos são ministrados por um mestre em Reiki, variando o tempo de duração de acordo com a forma que cada profissional ministra o seu curso. Na parte teórica são ensinados história, conceitos, fundamentos, benefícios, funcionamento da técnica, símbolos, características, posições para aplicação, os cinco princípios, e outros.
Assim em cada nível é apresentado um foco diferente e técnicas diversas.

No primeiro módulo o estudante passa por um processo de limpeza energética e equilíbrio que dura até 21 dias, sendo que neste processo pode ter várias sensações como ansiedade, angústia… ou sem qualquer sensação diferenciada, variando muito de pessoa para pessoa. Isso ocorre para que consiga focar em si mesmo. O iniciado aprende o auto-tratamento que vai lhe propiciar uma proteção energética, garantindo equilíbrio energético e harmônico.

No módulo 2, chamado de “transformação”, o foco se dá na transformação dos aspectos mentais e emocionais do praticante. Neste nível o terapeuta aperfeiçoa técnicas para aplicação em outras pessoas.

Quando realiza o módulo 3, também chamado de “nível do mestre interior”, o reikiano já tem uma visão de como pode se beneficiar com a prática. Então o foco desse nível é fazer a diferença, sendo o autor na ação de mudanças. Aprende-se técnicas de Reiki à distância e para grupos de pessoas, sendo capacitado para enviar energia, harmonizar e equilibrar o seu entorno.

Finalmente, o mestrado é o momento de busca pelo conhecimento para a expansão de um ser humano mais consciente e atuante. Assim, focado na profundidade do conhecimento, o curso prepara o indivíduo para ser responsável pela formação de pessoas que queiram iniciar-se na prática de Reiki. Também pode funcionar somente como busca de conhecimento mais aprofundado a respeito dos símbolos e conceitos como tempo, equilíbrio, crise e dualidade.

Portanto, pela tamanha importância e profundidade em que consiste a prática de Reiki é de grande relevância a escolha do curso a ser realizado, ainda mais, que atualmente o Reiki se propagou de forma extensa e consequentemente os cursos de formação.

O ideal é avaliar a proposta de vida do mestre de Reiki escolhido para ministrar o curso, pois deve estar sintonizada com a energia tanto citada na prática reikiana, analisando a formação do professor, quem foi seu mestre, quanto tempo durou e buscar referências de outros alunos.

Cuidados Especiais Que Devem Ser Tomados Durante o Tratamento Reiki

meditacao2

O Reiki é considerado uma forma de energia inteligente, mas é sempre bom estar atento e ter cuidados em relação a algumas questões que são importantes, como:

– sempre lavar as mãos antes e após a aplicação, porque ao trabalhar com a energia é necessário cortar o campo energético que se acoplou na pessoa atendida. Ao não lavar as mãos o terapeuta pode ficar sentindo a energia fluindo sem parar ou se contaminar energeticamente. Se não puder utilizar água corrente dos cotovelos até as mãos, deve-se usar a chama de uma vela ou esfregar as mãos e assoprar 3 vezes;

– não aplicar Reiki encostando as mãos nos órgãos genitais da pessoa, para não ser considerado invasivo, então quando aplicar Reiki no chakra básico pedir para ela colocar as mãos na região genital para que possa colocar as mãos por cima das dela em torno de 5 a 10 cm de distância;

– sempre realizar auto-aplicação antes de atender uma pessoa, porque é muito importante estar com bom padrão vibracional e em harmonia;

– não enviar Reiki sem permissão, pois deve-se respeitar a livre escolha das pessoas, afinal nunca sabemos se a pessoa quer este tipo de tratamento e a pessoa ao receber deve estar consciente que está recebendo a energia através do Reiki;

– no dia do tratamento é de suma importância abster-se de cigarros, bebidas alcóolicas e consumo de carne, pois é muito relevante que a pessoa esteja em um bom padrão de vibração;

– durante a sessão é importante manter o pensamento elevado e a concentração mental, sendo inadequado atender em locais onde as pessoas ficam fazendo muito barulho ou com outras distrações, como a televisão por exemplo.

Conclusão

meditacao

Cada vez mais o profissional fisioterapeuta se dá conta da importância em relação a conscientização sobre a prevenção e manutenção da saúde, ao invés da preocupação somente após a doença já instalada.

Por isso a procura por práticas que atuam de forma holística, tendo a visão de harmonizar e equilibrar todas as dimensões do ser humano, atuando no físico, mental, emocional e nas energias sutis que formam o corpo. Nesse sentido, o processo de tratamento não apenas objetiva eliminar os sintomas, mas investiga e trabalha na causa da patologia, restabelecendo inclusive o relacionamento do indivíduo com o universo.

As terapias integrativas são recomendadas inclusive pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como prática terapêutica e de fundamental importância na recuperação da saúde. Sendo regulamentada e autorizada pelo Conselho Federal de Fisioterapia (COFFITO) como uma das áreas de atuação do profissional fisioterapeuta.

Lembrando sempre que a atuação das terapias integrativas deve ser de forma complementar não interferindo no tratamento médico, servindo somente como um apoio para que o corpo responda com mais agilidade à terapia alopática.

Nota-se que o Reiki não produz efeitos colaterais por ser natural e não invasivo, contribuindo significativamente para melhora mais rápida do paciente, ocasionando conforto e bem-estar, proporcionando para o doente fragilizado, neste cuidado complementar, mais segurança, ânimo, tranquilidade e coragem para enfrentar a doença.

A intenção sempre é realizar a soma do trabalho médico, com outros profissionais e com o fisioterapeuta sempre visando saúde e bem-estar do paciente.

O profissional fisioterapeuta que atua com a visão integrativa e holística favorece de forma muito positiva nos processos de reabilitação, manutenção e promoção de qualidade de vida. Atuando com essa concepção o fisioterapeuta terá mais condições na efetividade de um tratamento eficaz com resultados duradouros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *