Share, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Posted in:

Saiba como fazer Avaliação Postural em seu paciente

Saiba como fazer Avaliação Postural em seu paciente
Gostou? Avalie!

A avaliação postural é de grande importância para realizar um tratamento eficiente em seu paciente, mas como realizá-la?

É importante levar em consideração todas as queixas e objetivos do paciente, para que a avaliação postural possa ser feita de maneira eficaz.

Por isso, preparamos este texto para que você possa entender os critérios para realizar uma boa avaliação postural e a importância dela. Continue lendo para entender!

Critérios da Avaliação Posturalavaliacao-postural-2

Para realizar a avaliação postural é importante seguir alguns critérios importantes que serão essenciais para o tratamento de seu paciente.

  1. Posição do Paciente

O posicionamento de seu paciente irá falar muito sobre a sua possível lesão e/ou patologia. Por isso, no momento de realizar a avaliação postural dele você deve posicioná-lo de forma na qual você consiga dar a volta por seu corpo. Lembre-se de não mexê-lo para não alterar a suas influências tônicas.

E-BOOK GRATUITO

Cadeias Musculares

Entenda as origens das Cadeias Musculares, o conceito e sua aplicação no movimento para melhorar ainda mais suas aulas!

  1. Posicionamento do Profissional

Você como profissional deve estar posicionado exatamente na linha média do seu paciente que será avaliado para que não haja nenhum tipo de interferência visual.

  1. Posicionamento Inicial

Comece a avaliação com o aluno em pé, de modo que ele fique o mais confortável possível. Em seguida comece a análise de baixo para cima.

  1. Duração da Análise

Você deve ser o mais rápido possível em sua análise e, em seguida, explicar ao seu paciente que todos possuímos assimetrias, para que ele possa se sentir o menos constrangido possível.

  1. Vestimenta Ideal Para o Paciente

A vestimenta ideal para o paciente são as roupas de banho: biquíni para as mulheres e sunga para os homens. Também é possível utilizar top ou bermudas acima dos joelhos.

  1. Mãos do Profissional

As mãos do avaliador devem estar aquecidas e firmes para gerar segurança ao avaliado, principalmente no momento de tocá-lo. Lembre-se de sempre pedir permissão para tocar seu paciente e apresentá-la a ele.

  1. Maneira de Falar

Tenha firmeza ao falar com seu paciente, mas passe tranquilidade para que ele não se sinta pressionado. Explique a necessidade de cada movimento durante a avaliação postural que será realizada.

Como Realizar a Avaliação Posturalavaliacao-postural-4

Antes de começar a avaliação postural, você deve perguntar ao paciente quais são seus reais objetivos. Existem pessoas que fazem avaliação para ter ganho de força ou emagrecimento, enquanto outras buscam a avaliação postural para melhorar possíveis dores, lesões e patologias.

Em seguida, auxilie ele a realizar movimentos simples para que você possa avaliar o seu jeito de sentar, gesticular, falar e expressar dor (caso haja). Lembre-se de anotar todos os itens.

Por exemplo, como sabemos que a cadeia muscular de flexão ou antero mediana tem sua origem no assoalho bucal. Portanto, se notarmos um prognatismo nesse indivíduo, já temos uma pista para fecharmos nossos objetivos, diagnósticos e condutas diante do caso pois sabemos que nesta cadeia haverá tensão.

Nada deve passar despercebido pela sua avaliação postural neste momento, leve em conta tudo que notar e anote tudo para chegar em uma conclusão eficaz da avaliação de seu paciente.

Então, agora que já sabemos que lidamos com um corpo viscerado, começaremos nossa colheita de dados. Quero deixar bem claro aquique não estou propondo um protocolo de avaliação postural, mas sim uma sugestão de como ela poderá ser feita de uma maneira otimizada e clara.

Importância da Avaliação Posturalavaliacao-postural-6

Realizar a avaliação Postural é de extrema importância para fazer um tratamento específico para lesões, ou fortalecimento por exemplo.

Ao avaliar o seu paciente, você explora o corpo do mesmo de uma forma biomecânica, o que ajuda no descobrimento de possíveis patologias na região ou até mesmo maneiras adequadas de trabalhar este indivíduo para obter seus objetivos.

Além disso, com a avaliação postural, você pode mensurar desequilíbrios e então adequar movimentos que possam corrigir esta condição, reestruturando as cadeias musculares.

Dicas para Fazer uma Boa Avaliação posturalavaliacao-postural-5

Fique atento: todos os movimentos do aluno desde o primeiro contato podem demonstrar algo. Essas informações são importantes porque assim que pedirmos para o aluno ficar em bipedestação ele vai se tencionar.

Se atente aos pequenos detalhes: durante a avaliação, devemos prestar atenção nos pequemos momentos em que o aluno relaxa. É neles que os desequilíbrios serão revelados.

Faça uma boa entrevista: durante a entrevista com seu paciente, você deve anotar as respostas e também ficar atento a seus gestos e linguagem corporal. Fatores como manias e movimentos repetidos devem ser anotados.

Siga seus instintos: NUNCA ignore seus instintos! Lembre-se que muitas das descobertas aconteceram em insigths nas observações.

Faça as perguntas corretas: durante a entrevista, faça perguntas detalhadas. Se eu perguntar para alguém sobre sua saúde, ele sempre vai responder que está “tudo bem”, então você precisa de mais perguntas a respeito.

Analise a lesão: Na hora de fazer a avaliação postural, comece analisando a lesão. Se ela é descendente ou ascendente. Você baseará toda a sua avaliação nisso.

Conclusão

Postura Corporal

Uma boa avaliação postural só é possível com um amplo conhecimento corporal e claro, com uma aplicação muito objetiva. Caso não haja esse conhecimento, você poderá decepcionar seus alunos com relação aos resultados do tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *